IsCool App faz parceria com escola participante do Criança Esperança

Aplicativo de comunicação escolar foi implantado gratuitamente em escola aprovada pelo projeto Criança Esperança, da Rede Globo em parceria com a Unesco

A Escola Vocacional Masrour, em Manaus (AM), possui tradição de mais de 20 anos no exercício da cidadania. Tanto que seu projeto “Empoderar é preciso”, foi aprovado em 2016 no Criança Esperança, um projeto da Rede Globo em parceria com a UNESCO. Por meio da Associação para o Desenvolvimento Coesivo da Amazônia (ADCAM), a escola atende crianças e adolescentes carentes da região amazônica.

Atualmente, a escola também é parceira do aplicativo IsCool App, oferecendo aos pais dos alunos a comodidade de acompanhar a rotina escolar dos filhos na palma da mão, através da tela do celular.

De acordo com o diretor executivo da instituição, Payman Agahnejad, o IsCool App tem ajudado a estabelecer um relacionamento com os pais, inclusive por meio do canal de atendimento que permite que eles entrem em contato com qualquer área de seu interesse para obtenção de orientações, esclarecimentos de dúvidas, entre outros.

“O aplicativo está sendo utilizado por toda a equipe da Escola Vocacional Masrour, tendo como finalidade promover a comunicação junto aos pais, seja por meio de comunicados, mensagens diretas, diários e/ou autorizações para atividades e eventos específicos realizados pela instituição”, explica.

Segundo ele, 92% dos pais de alunos utilizam o aplicativo atualmente.“Os recursos disponíveis são de fácil acesso, o que possibilita uma melhor comunicação com os pais”. Para Agahnejad, o IsCool App é uma ferramenta inovadora, que veio agregar valor para a escola, “se tornando inclusive um dos nossos diferenciais, uma vez que todas as comunicações com os pais passaram a ser via aplicativo”, completa ele.

A gerente de produtos e novos negócios, Tálita Barão, conta que a parceria de responsabilidade social foi pensada a fim de beneficiar a escola Masrour e mostrar o apoio e reconhecimento de ações em prol dos alunos.

“A empresa demonstra o apoio a diversas iniciativas que estão alinhadas com os valores que praticamos no IsCool App. Mais além, tenho uma ligação pessoal com a Escola Vocacional Masrour, onde passei quase um ano trabalhando como voluntária quando era jovem. A escola contribuiu para minha formação pessoal e essa é uma maneira de retribuir a essa instituição”, finaliza.

De um desejo à transformação de vidas

Em 2019, a Escola Vocacional Masrour completa 26 anos de existência. Hoje a instituição conta com cerca de 800 alunos e é referência em educação e pioneira na construção de um currículo de Educação Moral, desde o maternal (2 anos de idade) ao Ensino Médio.

A escola está situada na Zona Leste de Manaus, capital do Amazonas, e possui sítio próprio com espaço amplo e arborizado. Inaugurada em 1993, a escola recebeu este nome em homenagem ao Sr. Kamrouz Masrour, admirador das artes, que deixou testamentado um desejo após sua morte: que sua herança fosse aplicada para educação de crianças carentes.

Assim, nasceu a Escola Vocacional Masrour que hoje é administrada pela ADCAM e que tem como um dos objetivos contribuir com o desenvolvimento educativo, social e moral das crianças e adolescentes atendidos.

A ADCAM é uma organização não governamental sem fins lucrativos que iniciou suas atividades em 1985, através do Orfanato Lar Linda Tanure, criado para atender crianças abandonadas. Esse foi o primeiro passo em direção a uma série de ações que visavam contribuir para o desenvolvimento da população amazônica.

Com o tempo coube a ADCAM a alfabetização destas crianças e a inserção das mesmas em um ambiente escolar, o que deu inicio à Escola Vocacional Masrour.

“A Escola Vocacional Masrour possui um Sítio Escola, sendo a única da Zona Leste de Manaus, criada com o objetivo de proporcionar a comunidade escolar uma realidade inovadora, gerando aos alunos: amor, conhecimento e responsabilidade”, conta o diretor executivo, Payman Agahnejad.

Empoderamento social

Em 2016, a ADCAM foi aprovada no Criança Esperança, um projeto da Rede Globo em parceria com a UNESCO, com o Projeto Empoderar é Preciso!

O projeto foi desenvolvido com 150 crianças e adolescentes entre 11 a 15 anos e suas respectivas famílias, através de ações socioeducativas capazes de empoderar os mesmos para o seu próprio desenvolvimento e da sua comunidade.

Oficinas de qualificação profissional foram promovidas, tendo em vista a situação de vulnerabilidade social da comunidade na qual as famílias das crianças e adolescentes participantes estão inseridas.

A iniciativa da ADCAM, através do Núcleo de Desenvolvimento Familiar, ofereceu atividades para a construção da autonomia e do protagonismo dos alunos, visando a superação de suas dificuldades e o fortalecimento dos vínculos familiares.

Vale lembrar que no Amazonas, a ADCAM foi a única instituição a ter um projeto aprovado no Criança Esperança em 2016.

Além disso, a Escola Vocacional Masrour também possui atividades de Empoderamento Espiritual destinada aos alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio.

“É uma estratégia pensada para cumprir com sua missão de transformar os nossos alunos em agentes de transformação social”, revela o diretor.

O Programa tem como objetivo auxiliar a juventude a desenvolver suas qualidades espirituais, virtudes, capacidades intelectuais e sua capacidade para o serviço à sociedade, no momento em que saem da infância para ingressar na adolescência.

Os participantes se envolvem em atividades que incluem expressões artísticas, discussões, teatro, jogos cooperativos, estudo de peças literárias, contação de histórias e atos de serviço comunitário.

São encorajados a desenvolver um forte senso de propósito por meio de um processo de empoderamento e transformação individual e social que os leva a contribuir para o avanço da sociedade. Além disso, são estimulados a buscar alternativas de lazer saudável, gerando laços de amizade.

Muito do sucesso desse projeto se deve ao idealismo de alguns educadores Bahá’is que ajudaram a erguer a escola com o objetivo principal de desenvolver em cada pessoa sua capacidade de pensar e de amar, no contexto de servir à humanidade.

Para aqueles que ainda não conhecem, a Fé Bahá’i é uma comunidade de pessoas de todas as nações, raças, posições sócio econômicas e de diferentes origens religiosas que se dedicam exclusivamente à paz mundial. É uma religião mundial independente, sem clero, revelada na Pérsia, em meados do século XIX.

Independentemente da religião, os alunos e professores da Escola Vocacional Mansur dão uma aula de cidadania e respeito ao ser humano. Que venham mais exemplos como esse!