Conselho de classe do futuro: sua escola está preparada?

Conheça a ferramenta que alia algoritmos, análise comportamental e ciência de dados para propor uma avaliação de aluno muito além do boletim de notas e faltas

Skola_avaliação socioemocional_IsCool App.png

Que tipo de aluno você foi durante sua vida escolar? Era daqueles com as melhores notas nas provas e que sempre ganhava estrelinhas, ou vivia levando bronca dos pais porque o professor havia reclamado de seu mau comportamento e sua nota vermelha em matemática? Se não se enxerga em nenhum desses cenários, então provavelmente era como a grande maioria dos estudantes, cujos pequenos grandes feitos diários geralmente passavam despercebidos pelo corpo docente.

Por mais que estejamos vivendo uma constante evolução e que iniciativas como a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) estejam projetando mudanças na direção de uma educação integral, com destaque para o desenvolvimento socioemocional, não é raro se deparar com escolas que ainda classificam seus alunos dentro dos três patamares citados acima.

Foi pensando no desafio de desconstruir o tradicional modelo de avaliação de alunos e de trabalhar da melhor maneira os talentos de uma criança que nasceu o Skola, um software que traz informações cognitivas e comportamentais da criança em forma de gráficos, proporcionando a coordenadores pedagógicos uma análise mais profunda e facilitada.

 

Um olhar qualitativo do aluno

Voltado para todo o ensino básico, o software funciona como um assistente do coordenador. Nele, o professor registra ações do dia a dia de um aluno, como por exemplo, se ele se mostrou criativo na resolução de um problema, se ele foi solidário a um amigo ou se deixou de fazer alguma atividade. Por meio de um dashboard colorido, os coordenadores podem enxergar tudo o que foi apontado e, junto com os pais, criar soluções para um desenvolvimento positivo do aluno.

“A gente entende que matemática é muito importante, que adquirir conhecimento é essencial, mas estamos propondo que os colégios olhem esses alunos com empatia, que os conheçam melhor e os ajudem a desenvolver habilidades socioemocionais”, afirma Henrique Souza, um dos sócios da startup e que decidiu abraçar a causa justamente por não poder ter contado com uma ferramenta como essa quando seus filhos eram estudantes.

“Minha filha não é de exatas, e, no colégio, me diziam que ela precisava estudar mais matemática, mas ela tinha até um professor particular. Hoje, a Luiza é designer e mora em Amsterdã, está bem empregada, feliz. Ou seja, ela ficou 15 anos no colégio e eles não foram capazes de me dizer que ela era muito criativa. Se você não é um pai atento, não consegue ajudar o seu filho a encontrar o caminho”, conta Souza, que acredita no poder da escola em influenciar o futuro do aluno.

 

Um novo conceito em conselho de classe

O futuro é agora para as escolas que apostam nessa tecnologia e na ideia de que as competências socioemocionais devem ser estimuladas e avaliadas. Antes mesmo das reuniões de conselho, os professores e coordenadores são alertados por um robô assistente, para o fato de que um determinado aluno não tenha recebido uma avaliação há alguns dias. Ele interliga os dados de todos os professores de diferentes matérias e sinaliza quando um aluno tem menos avaliações, convidando o professor a indicar alguma ação.

No conselho de classe, ou mesmo na reunião de pais, os professores e coordenadores podem abrir o painel e discutir os pontos juntos, de maneira transparente e aprofundada.

O painel dificulta, por exemplo, a criação de rótulos. Em conselhos de classe, hoje, corre-se o risco de o professor acabar trazendo para a discussão temas somente da memória recente, excluindo todo um histórico de convivência e desenvolvimento da criança. “A informação tem sempre dois lados. O aluno mentiu? Na cabeça dele não, então, precisamos entender porque ele não trouxe a verdade. Assim é o novo boletim, que vai com as notas, as observações positivas e, ainda, um relatório das habilidades, expondo o aluno de forma integral”, explica Souza.

 

Integração e praticidade

A avaliação socioemocional lançada pelo colégio é mais uma ferramenta que pode ser integrada ao aplicativo de comunicação. Bastante difundida como meio de comunicação escolar e que contém funcionalidades de apoio ao diário de classe, o IsCool App já é uma das principais ferramentas do professor e do coordenador em sala de aula e tornará o a adoção da avaliação das habilidades mais prática e rápida.

Skola_IsCool App.png

 

Mais

Educação socioemocional é um tema cada vez mais constante e que já foi pauta aqui no Blog do IsCool App, como uma das fortes tendências do cenário educacional atual. Acesse a matéria completa aqui.

A importância da comunicação segmentada

Seu colégio já possui canais de atendimento específicos para cada área e voltados a diferentes grupos ou turmas? Saiba como funciona essa opção, quão simples ela é e quais são suas vantagens

Canal de atendimento segmentado_IsCool App_App escolar

Por menor que seja a estrutura de seu colégio, por mais enxuta que seja sua equipe e por mais diferenciada que seja sua gestão de atendimento e comunicação com as famílias, tem sempre algum ponto a ser melhorado para tornar o processo mais fluido e eficaz. Um deles é a segmentação dos canais de atendimento, que evita ruídos na comunicação e traz ao cliente a sensação de personalização, tão importante no processo de experiência e encantamento obtido com o serviço ou produto.

Da recepção à direção, cada etapa ou nível de atendimento aos pais tem diferentes particularidades. O contato pessoal, por exemplo, ainda é o melhor canal quando o assunto é o comportamento do aluno ou algo mais particular e delicado, enquanto temas do dia a dia que têm sua importância para o funcionamento da instituição passam, cada vez mais, a migrar do contato telefônico para a troca de mensagens mobile.

Munido do aplicativo de comunicação escolar, o colégio consegue estabelecer uma comunicação segura e de confiança com os pais e realizar ações em diferentes níveis, como por exemplo, ir além das questões pedagógicas e comportamentais, mas também resolver pendências financeiras e administrativas ou abrir canal de ouvidoria. Para isso, basta que a instituição lance mão dos canais de atendimento segmentado, abrindo um leque de opções de contatos personalizados.

 

Atendimento segmentado

O IsCool App, por exemplo, conta com uma ferramenta única de atendimento em seu menu principal. De maneira simples, o pai tem acesso a colaboradores específicos, como o coordenador referente à etapa de cada um dos seus filhos, o departamento financeiro, a biblioteca, o ambulatório e a secretaria. Ainda dentro do app, o contato com cada um desses setores se torna ainda mais amplo, com a possibilidade de envio de mensagens diretas, e-mails ou contato telefônico no ramal já direcionado.

Mais simples ainda é o modo como a ferramenta pode ser atualizada pelo colégio. Com apenas um clique o administrador pode criar canais de atendimento segmentados por classe ou etapa. Por exemplo: a coordenação do infantil fica disponível só para pais de alunos do Ensino Infantil, enquanto a coordenação do Ensino Médio só aparece para pais de estudantes do Ensino Médio.

Um processo que alivia e organiza setores como o da recepção ou da secretaria, que contam com alto volume de atendimento diário.

 

Segmentação da comunicação interna

Com os IsCool App, é possível, também, segmentar os canais de atendimento em prol da sua comunicação interna e da organização de campanhas de endomarketing.

Tão importante para a harmonia do ambiente de trabalho, os canais de atendimento segmentado para o grupo de funcionários podem evitar problemas como o famoso telefone sem fio ou do uso indevido de aplicativos gratuitos de troca de mensagens, uma vez que a escola é capaz de disponibilizar um canal direto com a direção, por exemplo.

 

Atendimento 3.0 e a importância do treinamento

Ao disponibilizar os canais de comunicação, surge outro assunto de importância: o treinamento da sua equipe para o atendimento. Lembrando que seu atendimento faz parte da experiência do cliente e deve contar como importante estratégia de marketing e gestão no planejamento anual, é preciso estabelecer regras e protocolos também para o atendimento mobile, para que a eficácia seja garantida.

Do SAC 2.0 ao 3.0, o que está em jogo é a satisfação do cliente pelo atendimento, pela resolução do problema e pelo seu nível de interação com a empresa. Mais que contato, o cliente também quer sentir que tem voz, quer ser tratado de maneira segmentada e personalizada, e não generalizada. Ação mais que possível pelo contato via mobile, feito em tempo real e por pessoas reais.

Colégio Puríssimo conta como IsCool App completou seus projetos em inovação e conquistou os pais

Instituição centenária da cidade de Rio Claro pesquisou por mais de um ano o aplicativo que melhor atendesse à sua demanda e missão tecnológica

Parceiria_Purissimo_RioClaro.png

O prédio bem conservado e centenário chama a atenção pela beleza e riqueza de detalhes arquitetônicos, mas basta passar pela primeira porta para esquecer que aquela é uma instituição com mais de cem anos de tradição. São dezenas de salas coloridas, com decoração renovada e repletas de aparatos tecnológicos.

Assim é o Colégio Puríssimo Coração de Maria, da cidade de Rio Claro, fundado em 1909 e consolidado como um dos principais da região. Mantida pela Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria (Rede ICM), a instituição alia ensino de qualidade com trabalho humanizado, com uma intensa busca pela inovação.

Sempre trazendo as tecnologias mais atuais para a sala de aula e gestão administrativa, o Puríssimo encontrou no IsCool App uma ferramenta de apoio essencial para seu dia a dia e também a rotina dos pais de seus alunos. “O IsCool App vem de uma necessidade que eu vi e de mudança de comportamento do ser humano, já que hoje todo mundo está sempre com um dispositivo móvel na mão. o IsCool App vem para aproximar o pai e a escola“, afirma Diego Matos, coordenador de informática do colégio.

Ainda segundo Matos, foi preciso pesquisar e buscar por cerca de um ano e meio por um aplicativo que atendesse à necessidade da instituição: “O programa (IsCoo App) funciona muito fácil, desde a instalação até a parte de configuração dele, o que tornou nossa adesão altíssima entre os pais”.

 

Alta taxa de adesão é resultado de tarefas bem divididas

Com mais de 90% de adesão de pais desde o maternal ao quinto ano, o Colégio Puríssimo optou por realizar no IsCool App uma intensa troca de informações de qualidade. Conteúdo gerido não só pelo TI, mas também pelos coordenadores e professores. “Aqui no nosso colégio é o próprio professor quem trabalha com o aplicativo, ele posta fotos de atividades, recados. No maternal ele posta agenda, se comeu ou não, se teve hora da soneca”, explica o coordenador de informática.

À medida que o colégio disponibiliza o maior número possível de informações personalizadas sobre cada estudante, os pais se sentem mais seguros e endossam o uso do app. “Queira ou não, estamos sempre com o celular na mão. O aviso, as noticias e mensagens chegam de forma muito mais prática. Sabemos rapidamente o que está sendo pedido e o que foi trabalhado em sala de aula, assim, a gente consegue ter uma noção de como está o andamento do trabalho na escola”, diz Denílson Ansanello, pai de aluno e professor de filosofia na instituição.

 

Confira o vídeo com depoimento completo do Puríssimo

Conheça um pouco mais sobre essa tradicional e, ao mesmo tempo, inovadora instituição e seu trabalho com o IsCool App assistindo ao vídeo de depoimento em nosso canal no YouTube.

Rede Maple Bear é mais nova parceira IsCool App

Escolas canadenses no Brasil agora podem se beneficiar com vantagens da homologação; ACBEU Maple Bear Canadian School, de Salvador, que utiliza o aplicativo desde o início do ano, endossa parceria apresentando adesão de 98% e retorno positivo dos pais

MapleBearParceiro.png

A escola canadenses Maple Bear se tornou a mais nova parceria IsCool App. A partir de agora, as unidades da rede de ensino bilíngue de todo o país podem se beneficiar de vantagens exclusivas dessa parceria homologada pelo grupo.

Totalmente personalizado para a rede, o IsCool App recebe o logo e as cores da marca da instituição para levar a milhares de alunos e pais uma comunicação mais efetiva e rápida pelo celular. Bilíngue, o IsCool App se fortalece como a principal ferramenta de gestão da comunicação disponível na rede.

ACBEU Maple Bear Canadian School, de Salvador, se destaca como case de sucesso no uso do IsCool App

Primeira unidade da escola canadense a implantar o IsCool App, a ACBEU Maple Bear Canadian School se beneficia da parceria colhendo importantes resultados para sua gestão. Com seis anos de atuação e em rápido crescimento na cidade, a instituição afirma que encontrou no IsCool App a ferramenta ideal para transmitir aos pais e alunos dois de seus mais importantes pilares: a comunicação e a tecnologia.

Aprimorar formas de comunicação usando ferramentas tecnológicas atuais nos ajuda a colocar ênfase na metodologia. Sendo a comunicação um item tão importante, enxergamos essa demanda e optamos pelo IsCool App por conta da qualidade e do compromisso com os pais”, afirma Márcia Schwartz, diretora do colégio, que emenda: “Os pais têm dado um retorno muito positivo sobre o uso da ferramenta”.

Apesar de ter implantado o IsCool App a partir do início deste semestre, a escola que tem 490 alunos da educação infantil ao nono ano já conta com 98% de adesão dos pais, percentual que resulta do comprometimento de toda a equipe em uma geração de conteúdo de qualidade.

Danielle Ribeiro, assistente de coordenação do colégio é uma das profissionais à frente do plano de implantação no IsCool App e conta como esse passo foi pensado e executado: “O processo foi gradativo e ainda está acontecendo. Acreditamos que o resultado de sucesso vem de nossas ações internas através de reuniões de pais, bem como campanhas envolvendo o setor de marketing da escola, utilizando as redes sociais para reforçar a utilização do aplicativo. Outro fator que podemos sinalizar é o interesse das famílias em ter acesso à informação dos seus filhos em curto espaço de tempo”.

 

Comunicação se concentra no IsCool App

Como parte do plano de implantação de sucesso do aplicativo, a ACBEU Maple Bear Canadian School, de Salvador, excluiu o uso de agenda física para os alunos da educação infantil. Sendo o IsCool App única ferramenta de comunicação, nesse caso, bastou o uso de um conteúdo mais rico e informativo para que os pais começassem a interagir com a ferramenta.

“O aplicativo tem sido acessado com frequência para postagens, comunicados, agenda escolar, lista de chamada, calendário, comunicação das famílias, entre outros. Professores e pais utilizam diariamente”, explica Danielle, que ainda ilustra: “As professoras dos alunos na faixa dos dois anos de idade têm utilizado o aplicativo para compartilhar fotos de atividades realizadas pelas crianças na escola, diminuindo assim a ansiedade dos pais por se tratar do primeiro ano de vida escolar da maioria deles”.

 

Vocação para a inovação

A experiência bilíngue e a gestão humanizada do ACBEU Maple Bear Canadian School também são aspectos que refletem os bons resultados com a ferramenta de comunicação e a incorporação de novas tecnologias na rotina escolar. Isso se deve ao fato de a instituição carregar vocação na educação inovadora. Apesar de ter apenas seis anos desde sua inauguração, a unidade da escola canadense é parte do Grupo ACBEU, que conta com 76 anos de tradição no ensino de idiomas em Salvador.

5 razões (e dicas) para seu colégio implantar um aplicativo de comunicação digital mobile em 2018

Saiba quais são os motivos definitivos para que sua instituição adquira ou atualize o aplicativo escolar neste ano;  muito mais que um diferencial, os apps são uma necessidade

comunicação escolar 2018_gestão escolar_iscool app

Para muitos especialistas da área de gestão, 2018 é um ano importante para a comunicação. Empresas das mais diferentes áreas estão aprimorando e ampliando sua maneira de se comunicar com os clientes a fim de se manter em crescimento e passar a mensagem correta. Nesse cenário, quem ganha holofotes é a comunicação mobile, que já mais que comprovou sua capacidade de encurtar distâncias e interligar as pessoas de forma eficiente.

Na educação, área que ainda permeia caminhos convencionais, o assunto passou a ganhar mais ibope nos últimos anos com o surgimento de diversos aplicativos de comunicação no mercado e o uso indiscriminado dos celulares portão adentro (e a fora) das instituições. Mesmo assim, não são raros os casos de escolas que ainda não aderiram à comunicação mobile ou, mesmo optando por um app, que ainda não usufruem 100% de suas ferramentas.

Se o seu caso se encaixa nesse cenário, então aqui vão alguns dos motivos pelos quais seu colégio deve dar prioridade a essa pauta para completar o processo de comunicação feito hoje. Um deles vai te convencer.

 

1) Questão de necessidade

A comunicação presencial continua sendo a mais importante e aquela que é insubstituível, mas é um erro pensar que ela é a única maneira de se conseguir uma comunicação eficiente com seus clientes. Na maioria das vezes, estamos falando de pais nascidos na Geração Y, pessoas que consideram o celular o meio mais eficiente de se aproximar ou estabelecer uma conexão com as pessoas.

A regra é clara: ou o colégio oferece um ambiente de troca de informações e discussão on-line e prepara seus funcionários para um bom atendimento mobile, ou os aplicativos gratuitos se instalam na sua comunidade escolar, sem qualquer tipo de controle e trazendo grande vulnerabilidade e exposição à sua instituição.

Comunicar-se de todas as maneiras e adaptar sua cultura às novas tecnologias há muito deixou de ser um diferencial de mercado, se tornou uma necessidade básica de negócio.

 

2) Apps cada vez mais completos e mais acessíveis

Os aplicativos de comunicação, hoje, vêm para organizar. Lançando mão de diversas ferramentas e atualizando funções constantemente, as plataformas vão muito além da simples troca de recados e ganham status de sistemas de gestão escolar. Com ele, já é possível, inclusive, integrar seu software administrativo para que tudo esteja disponível em um mesmo lugar e seja atualizado em apenas um clique.

Com uma equipe com mais de 30 anos de experiência em educação, o IsCool App sai na frente quando o assunto é facilitar a rotina escolar, já que aplica seu know-how em novas ferramentas constantemente. Assim, transforma pedidos de professores, coordenadores, gestores, pais e alunos em novas funcionalidades para o app.

Democrático, o aplicativo de comunicação ainda tem a vantagem de praticar valores módicos de cobrança e se mantém como um investimento de baixo custo para a gestão do colégio, comparado ao número de benefícios que aplica ao dia a dia da instituição.

 

3) Agilidade nos processos internos e auxílio aos colaboradores

A rapidez que agrega aos processos é outro ponto forte dos aplicativos de comunicação. Colégios que tornaram suas tarefas menos manuais com a ajuda das plataformas indicam que, em alguns casos, tiveram uma economia de até 60% de tempo dos professores e auxiliares de classe.

Um percentual considerável não somente para os colégios, como também para os colaboradores, que conseguem desenvolver de maneira mais fluida suas tarefas diárias e novos projetos dentro de sala.

A dica é utilizar-se de todas as ferramentas que o aplicativo possui e não se limitar apenas com a simples troca de mensagens.

 

4) Segurança garantida

Segurança da informação não é brincadeira. Em um mundo em que notícias falsas se espalham pelas mídias sociais ao mesmo tempo em que milhares de novos vírus são introduzidos na rede, manter dados seguros sobre sua empresa e sobre seus clientes é quesito básico.

Ter conhecimento sobre o que está sendo transmitido em nome do seu colégio é outro ponto fundamental e mais do que possível com as plataformas de comunicação escolar. Segurança reforçada para que nenhuma informação indevida seja publicada e que sua marca se mantenha forte.

5) Sustentabilidade ainda é pauta

Além de ajudar o planeta, o colégio que utiliza o aplicativo de comunicação tem um apoio extra na formação de futuros cidadãos conscientes. E com um olhar mais estratégico de gestão, aqui o ponto é pensar, também, em quanto a economia de papel e impressões trará para o caixa do colégio todo final de mês.

Pesquisas com colégios que aposentaram as agendas físicas apontam uma economia de até 80% do atual custo com compras de cadernos, papeis e aluguel de impressoras. Em tempos de orçamento sem folgas e concorrência pesada, o aplicativo se torna ferramenta imprescindível do planejamento de gestão.

 

Eu estou convencido, mas como convencer também os pais mais resistentes?

O segredo para garantir a adesão e apoio dos pais na decisão pela implantação do aplicativo é trazê-los para mais perto na tomada de decisões e promover uma mudança gradativa. É comum que o novo traga certa insegurança, por isso a necessidade de treinamentos e workshops com os pais, além de um plano bem completo de comunicação.

Aponte números, pesquisas e cases de sucesso, depois, mostre como as mudanças surtiram efeitos positivos. Exemplos e comunicação são a chave para tornar os pais mais resistentes verdadeiros aliados na evolução do negócio.

Comunicação digital escolar: 8 dicas para produzir o melhor conteúdo

Com estratégias simples, saiba como tornar suas postagens mais interessantes e atingir cada vez mais a atenção e engajamento dos usuários 

IsCool App - boas práticas na comunicação escolar digital

Seu colégio já conta com aplicativo de comunicação, tem presença em várias mídias sociais e já traçou um plano de conteúdo, mas você ainda sente que algo poderia estar melhor. Afinal, alguns pais não aderiram aos novos canais digitais do colégio e o engajamento está longe de se tornar cem por cento. Se este é parte do seu cenário atual, calma! Com algumas pequenas mudanças e atenção a boas práticas de uso dessas ferramentas e da própria internet, é possível potencializar os resultados e aumentar sua audiência.

Aqui, trazemos algumas dicas práticas relacionadas ao tipo de conteúdo ideal para acertar em cheio seu alvo. Tudo isso, com base, principalmente, no exemplo de escolas que estão obtendo sucesso em suas ações de comunicação digital e pensando no público formado por pais de diferentes perfis. Confira:

 

1 – De olho nos horários das publicações

Os pais estão sempre alerta quando o assunto é a educação dos filhos, por isso, recados individuais, personalizados e específicos sobre alguma ação referente ao aluno costumam ser lidos e respondidos rapidamente. Mas quando a comunicação é um aviso de interesse geral, como um evento ou um pedido para angariar ajuda voluntária, por exemplo, o colégio pode lançar mão de postagens em horários nobres.

Estudos revelam que a audiência dos internautas brasileiros é maior às 21h, seguido de 11h e 12h. Mas quando pensamos nas segundas e sextas-feiras, entendemos que as pessoas já não estão com tanta abertura para determinados assuntos.

Em algumas mídias sociais e mesmo no próprio aplicativo de comunicação escolar, é possível programar o horário das postagens, de maneira que o público tenha maior ou menor abertura para recebê-lo. Fique de olho no seu público, busque conhecer melhor seus hábitos e encontre sua melhor dinâmica.

 

2 – Nem muito, nem pouco

Não adianta encher a timeline dos usuários de conteúdo. Por mais que eles possam parecer interessantes, podem cair no esquecimento se explorados em demasia. A melhor freqüência para suas postagens está diretamente ligada ao perfil do público, que, mais uma vez, você deve conhecer melhor do que ninguém.

O Instituto Oliveira Lara, por exemplo, que aderiu ao IsCool App no início deste ano, coordena as comunicações com cuidado. “Nós utilizamos a maioria dos recursos oferecidos pelo aplicativo, sempre prezando pelo bom senso e objetividade nos comunicados. A frequência varia de acordo com a demanda, que pode ser semanal, quinzenal ou mensal”, afirma Raphael Oliveira, coordenador de tecnologia do colégio.

 

3 – Mais imagem, menos texto

Se as imagens não chamassem tanto a atenção, o Instagram não teria se tornado uma ferramenta tão importante. Segundo a pesquisa Social Media Trends de 2017, as imagens e GIF’s têm o poder de engajar cerca de 40% mais, isso porque seduzem pela emoção gerada, como a curiosidade, por exemplo.

Lembrando que todo cuidado é pouco quando a imagem diz respeito a fotos de crianças e que há todo um repertório jurídico para que isso seja feito com segurança (conforme já explicamos aqui). Fora isso, o colégio pode sempre contar com fotos de atividades transcorridas, ilustrações, desenhos e GIF’s animados.

 

4 – Vídeos, aposte neles

Agora, se a intenção é passar uma imagem realmente dinâmica, a solução é o vídeo. Segundo pesquisa da eMarketer, 86% dos internautas brasileiros assistem vídeos online. Pensando nisso, que tal enviar um comunicado via vídeo ou, então, deixar algum profissional do colégio contar como tem sido o trabalho em determinado projeto? Se está aberta a temporada de rematrícula, por exemplo, vale um vídeo explicativo sobre tudo o que já foi feito desde o início do ano e os projetos para 2018. Com um celular na mão e um planejamento de conteúdo, essa mídia está ao alcance de todos.

Um exemplo interessante é o do Colégio Agostiniano Mendel, que conta com quatro mil alunos e utiliza os vídeos para atingir seu público de forma mais eficaz. Para isso, conta com uma equipe dedicada a produzir conteúdo exclusivo para a TV Mendel, como entrevistas e cobertura de eventos internos. Todo esse conteúdo é postado diariamente no IsCool App e tem conquistado a opinião dos pais usuários.

 

5 – Chamando a atenção pelo texto

Textos também podem e devem impactar, não somente pela aparência inicial, mas, principalmente, pela maneira como é escrita. Neste quesito, a dica é sempre criar títulos fortes e tentar sintetizar o assunto, trazendo o objetivo de maneira clara.

Na parte visual, sempre que possível, abuse de tópicos, números e intertítulos. Sublinhe, negrite ou utilize cores em partes dos textos que são importantes.

Lembre-se que é nos textos que você também aplica as características do colégio, como valores e a cultura vivida no dia a dia da instituição. Não se esqueça, também, de atrair a interação do público com perguntas e enquetes. É sempre bom contar com a colaboração dos usuários.

 

6 – As cores a seu favor

Você certamente já ouviu falar do poder das cores e deve estar imaginando que o preto sempre remete ao que é suntuoso, assim como o dourado… e que o azul traz calma e sabedoria, enquanto o verde remete à natureza, à sustentabilidade. Pois tudo isso faz realmente sentido no seu material visual. Pesquisas de especialistas em marketing digital, como a QuickSprount, apontam que 90% das interações estão diretamente ligadas às cores.

Na psicologia das cores, por exemplo, acredita-se que as mulheres tendem a gostar mais de itens que contenham roxo, azul e verde, enquanto declinam para laranja, marrom e cinza. Já os homens preferem azul, verde e preto, mas não tendem a ser atraídos por marrom, laranja e roxo.

Nesse sentido, as cores e a identidade do colégio devem sempre ser usadas nas comunicações para fortalecimento de marca, mas a dica é que elas sejam usadas de maneira sutil, para não causar o efeito contrário e cansar o usuário.

 

7 – Faça conteúdo inédito e de qualidade

Invista em um conteúdo só seu, que tenha a essência do colégio, que seja uma extensão daquilo que é falado e vivido dentro da escola, entre os colaboradores e alunos. Dedique-se a criar um cronograma, um plano de comunicação e que haja tempo suficiente para se pensar nesse conteúdo.Outro detalhe é na qualidade de imagens, por exemplo, item importante na avaliação dos usuários. Nada de arquivos de baixa qualidade, sem definição ou copiados, que podem trazer mais descrença do que confiança.

 

8 – Forme um bom time

Por fim, uma dica valiosa, é investir em talentos que te assessorem na busca pelo melhor conteúdo e nas melhores práticas da comunicação digital e do marketing. Mostre que o colégio é atualizado e que busca a profissionalização. Se não tiver demanda interna suficiente para se montar uma equipe fixa, lance mão da terceirização e de agências especializadas, que te darão todo o suporte necessário.

Colégio Agostiniano Mendel reforça sua vocação inovadora com IsCool App

Implantação do aplicativo escolar consolida posição do colégio entre os mais modernos do país e traz dinamismo na comunicação com cerca de quatro mil famílias; segredo do sucesso na adesão e engajamento dos pais está na boa administração do IsCool App

IsCool App e Colégio Agostiniano Mendel.png

De sua arquitetura moderna, com estrutura de salas de aula cercadas por aparelhos tecnológicos, até seu sistema de gestão diferenciado, tudo no Agostiniano Mendel consolida o caráter inovador do colégio. Desde março deste ano, com a chegada do IsCool App à instituição, a comunicação com os pais também se modernizou, levando para dentro das famílias a visão de dinamismo, praticidade e aproximação difundida pela escola ao longo de 33 anos. O resultado? Otimização da gestão e aceitação em massa dos pais.

Para o diretor geral do colégio, Pe. Eduardo Flauzino Mendes, o sucesso na incorporação do aplicativo se dá em razão de toda uma preparação por parte da equipe responsável pela administração da tecnologia. “A implantação do IsCool App exige de nós uma atualização e dinamicidade. Cabe a nós fazer o bom uso da ferramenta”, diz ele, que contribui diariamente com a comunicação no IsCool App enviando textos, imagens e vídeos para os colaboradores e pais usuários.

 

Dia a dia: Imagens e vídeos fazem a diferença

Coordenador de TI do colégio, Leandro Michel Pedrosa de Oliveira também está à frente da equipe que administra o IsCool App, ele explica que, para criar uma interação efetiva com os usuários, são enviados até cinco comunicados diariamente, todos direcionados para as séries e turmas correspondentes. “Qualquer coisa que seja importante para a família enviamos pelo IsCool App. Temos a preocupação de fazer algo dinâmico, como avisos através de imagem, por exemplo. Os recursos do aplicativo possibilitam trabalhar à vontade nesse sentido”, conta Oliveira.

Um recurso interessante utilizado pelo Agostiniano Mendel, e que contribuiu para a adesão de mais de 90% dos usuários em pouco tempo, é o envio de vídeos por meio do aplicativo. O colégio tem um canal de tevê interno (TV Mendel), coordenado por Mayara Osti de Paiva, do departamento de comunicação, com produções semanais que variam entre cobertura de eventos, entrevistas com alunos e professores e a palavra do diretor. Além de serem disponibilizados no site da escola e no canal próprio do Youtube, esses vídeos fazem sucesso quando vão direto para o celular dos pais por meio do IsCool App.

O IsCool App ainda tem sido uma ferramenta de apoio na comunicação interna e engajamento entre os colaboradores. Ao todo, são cerca de 300 funcionários se comunicando diariamente pelo aplicativo.

Colégio Agostiniano Mendel - IsCool App aplicativo escolar.jpg
Fachada do colégio Agostiniano Mendel, contemporâneo até mesmo em sua arquitetura

IsCool App, o mais adequado

Constando entre os dez melhores da cidade de São Paulo, o colégio localizado no coração do tradicional bairro do Tatuapé fez muitas pesquisas no mercado para concluir que o IsCool App era o aplicativo que mais atendia ao seu perfil. Foi justamente a possibilidade de manusear diferentes mídias o ponto decisivo. “Sempre foi do nosso desejo buscar uma ferramenta que pudesse possibilitar enviar não só o texto. O mundo está dinâmico e exige essa dinamicidade. O IsCool App verdadeiramente se encaixou à necessidade e expectativa que nós tínhamos”, expõe Pe. Eduardo.

Na opinião do coordenador de TI, as ferramentas de análise e controle do conteúdo oferecidas pelo IsCool App foram outros diferenciais. “Como administrador do IsCool App, eu achei muito interessante o fato de poder ter um gerenciamento dos comunicados que estão sendo enviados. Eu consigo acompanhar a ativação de contas, quantidade de visualizações dos comunicados. Para nós, como colégio, é importante termos esse controle e também para dimensionarmos os futuros comunicados”, afirma Oliveira.
Além dos quatro mil alunos do Colégio Agostiniano Mendel, hoje, o IsCool App ainda atende o Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, da cidade de Goiânia/GO, também sob administração do Pe. Eduardo e que conta com mais de 1800 alunos.

 

Assista ao vídeo

O IsCool App te convida a conhecer mais sobre a estrutura do Colégio Agostiniano Mendel e a opinião do diretor, Pe. Eduardo Flauzino, com esse vídeo em nosso canal no Youtube. Acesse aqui

Eduardo Flauzino Agostiniano mendel IsCool App aplicativo escolar.png

Política em classe

Com tantas manchetes envolvendo escândalos políticos, o tema volta à tona e chega com força às salas de aulas… Mas qual a melhor forma de trabalhar essa delicada temática? O IsCool App foi buscar opiniões para ajudar o professores e coordenadores pedagógicos nessa difícil tarefa

IsCool App - Política em sala de aula.png

 

A cada dia, uma nova teoria, um novo escândalo ou um segredo revelado trazem a política brasileira para o centro das atenções, levando o tema para além das manchetes dos jornais e tornando-o base de discussões em todas as esferas sociais, inclusive dentro das escolas. Nesse sentido, professores e coordenadores pedagógicos ganham a oportunidade de trabalhar em sala de aula a pauta política e tudo o que a envolve, tendo como ilustração casos reais para atividades envolvendo sociologia, antropologia e ciência política.

“É muito importante trazer os acontecimentos atuais para a sala de aula. Em geral, os alunos têm informações desencontradas sobre esses escândalos. A Sociologia pode ajudá-los a compreender esses fenômenos sociais de maneira mais crítica e menos intuitiva, com base em teorias e conceitos”, explica o professor de sociologia e autor do Sistema Anglo de Ensino, Eduardo Calbucci.

 

Introdução à política

Antes de falar dos últimos acontecimentos políticos, é necessário resgatar o trabalho do tema macro. É fato que ensino da política é de grande importância em sala de aula pela ligação direta à formação de opinião crítica dos futuros cidadãos. Dessa maneira, assuntos como divisão dos três poderes, formas de governo e sistemas eleitorais devem ser recorrentes. Mas, afinal, quando a política deve ser introduzida aos alunos? A partir de que idade esse assunto tem coerência e pode trazer efetividade?

Para o professor Calbucci, o Ensino Fundamental I abre espaço para a introdução do tema: “É claro que os professores vão dosando as informações e monitorando a complexidade das discussões de acordo com a idade dos alunos, mas é possível começar este trabalho logo após a alfabetização. Isso pode ser um ganho para eles e para a sociedade, que precisa de cidadãos que compreendam o funcionamento de nossas instituições”.

 

Política palpável

Quando nenhuma apostila traz a solução didática para se trabalhar os acontecimentos políticos em sua classe, é hora de partir para a prática. Afinal, nada como abordar o tema tendo como fonte as mídias imprensas e digitais.

Na opinião da professora de geografia e sociologia do Colégio Internacional EMECE, Angélica Larcher, além de ser um rico material didático, as notícias instigam a reflexão de diferentes pontos de vista. “É primordial que o os alunos tenha acesso à diversas fontes de informação e notícia. Um bom trabalho de pesquisa e compilação de informações, mediado pelo professor, deve ser o pontapé inicial de um bom debate. O acesso às diversas opiniões, fontes de informação, veículos de notícias e, principalmente, a disposição em escutar a posição do outro e colocar a sua própria posição faz com que o trabalho com temas polêmicos se aproxime o máximo possível da neutralidade”, afirma ela.

 

ensinar política na escola

 

Os exemplos e a mensagem moral

O trabalho de trazer a política para a rotina escolar do aluno nem sempre vem desenhado de maneira clara e requer atenção dobrada pela delicadeza de temas adjuntos, como ética e moral. Nesse sentido, é preciso cuidado dobrado para que o assunto não “patine” na esfera abstrata, estacionando em questões como princípios de honestidade e senso de verdade e justiça.

A análise política deve sempre ser o tema central e, mais importante, com base no apartidarismo. “Quando falamos em política partidária a Escola deve cuidar para que as informações passadas sejam o mais diversa quanto possível. Sem definir o ‘certo’ e o ‘errado’, provocando nos alunos a necessidade de definir prós e contras e elaborar alternativas”, frisa a professora Angélica.

Escola Morumbi de Alphaville se alia a IsCool App para fortalecer laços com a família

Além da proximidade com os pais, que já somam 90% de adesão, e da facilidade no dia a dia do colégio, o aplicativo tem se mostrado uma forma efetiva de marketing

Parceiria_Escola morumbi

Quando o lema da escola é que o ambiente seja uma continuidade do próprio lar do aluno, faz sentido marcar presença na vida das famílias de maneira mais completa e efetiva. E se nenhuma outra ferramenta, hoje, tem tanta penetração nos lares como os smartphones, o aplicativo de comunicação escolar era a peça que faltava para a Escola Morumbi unidade Alphaville fortalecer ainda mais essa proposta de afeto e cuidado. Para isso, escolheu, desde o início deste ano letivo, o IsCool App como parceiro na migração de sua comunicação para a plataforma mobile.

E deu certo! A escola que completou 38 anos e é referência de ensino na Zona Oeste de São Paulo conta com quase mil alunos e 90% de adesão dos pais, tudo em um sistema que trouxe sustentabilidade e facilidade na vida de coordenadores, educadores e pais. “O IsCool App é a ferramenta do momento, está na mão dos pais e tem nos ajudado nessa parceria com a família, com os valores, com o tratar o aluno individualmente. O pai está muito mais conectado com a gente”, diz Carolina Albuquerque, coordenadora do ensino infantil do colégio, departamento que tem utilizado bastante o aplicativo.

 

Marketing via IsCool App

E se antes os comunicados por escrito se perdiam e engessavam a interação, com o IsCool App, o sistema de informativos se tornou um aliado ao próprio marketing do colégio junto às famílias. Para a reunião de pais, por exemplo, que costuma ser um grande evento no colégio, com exposição de trabalhos e atividades, foram enviados lembretes diários. “Ao longo da semana nós informamos os pais, não somente para alertá-los, mas também criar uma certa expectativa em torno do evento”, explica Carolina, que também costuma enviar fotos pré e pós-eventos, fortalecendo a imagem do colégio de cuidado e carinho.

Escola Morumbi3
Fachada da Escola Morumbi unidade Alhphaville

 

Abolindo de vez o papel

Na Escola Morumbi Alphaville, o IsCool App já substituiu os comunicados impressos, potencializando a economia com compra de papel e impressões. Também é pelo aplicativo que toda a comunicação vem sendo feita em tempo real com os pais, com o envio de fotos das atividades. “Recentemente, estivemos em um passeio e nos comunicamos com os pais o tempo todo pelo IsCool App, avisando sobre nossa saída, a chegada ao destino, pra dizer que estava tudo bem e enviando fotos das crianças se divertindo. Os pais adoraram”, conta Carolina, que ainda prevê para breve a transferência da comunicação de atividades do berçário para o IsCool App.

 

Assista ao vídeo

Você pode conhecer um pouco mais desse belo colégio com o depoimento completo da Carolina Albuquerque em nosso canal no Youtube. Acesse aqui.

Escola Morumbi2.png