5 razões (e dicas) para seu colégio implantar um aplicativo de comunicação digital mobile em 2018

Saiba quais são os motivos definitivos para que sua instituição adquira ou atualize o aplicativo escolar neste ano;  muito mais que um diferencial, os apps são uma necessidade

comunicação escolar 2018_gestão escolar_iscool app

Para muitos especialistas da área de gestão, 2018 é um ano importante para a comunicação. Empresas das mais diferentes áreas estão aprimorando e ampliando sua maneira de se comunicar com os clientes a fim de se manter em crescimento e passar a mensagem correta. Nesse cenário, quem ganha holofotes é a comunicação mobile, que já mais que comprovou sua capacidade de encurtar distâncias e interligar as pessoas de forma eficiente.

Na educação, área que ainda permeia caminhos convencionais, o assunto passou a ganhar mais ibope nos últimos anos com o surgimento de diversos aplicativos de comunicação no mercado e o uso indiscriminado dos celulares portão adentro (e a fora) das instituições. Mesmo assim, não são raros os casos de escolas que ainda não aderiram à comunicação mobile ou, mesmo optando por um app, que ainda não usufruem 100% de suas ferramentas.

Se o seu caso se encaixa nesse cenário, então aqui vão alguns dos motivos pelos quais seu colégio deve dar prioridade a essa pauta para completar o processo de comunicação feito hoje. Um deles vai te convencer.

 

1) Questão de necessidade

A comunicação presencial continua sendo a mais importante e aquela que é insubstituível, mas é um erro pensar que ela é a única maneira de se conseguir uma comunicação eficiente com seus clientes. Na maioria das vezes, estamos falando de pais nascidos na Geração Y, pessoas que consideram o celular o meio mais eficiente de se aproximar ou estabelecer uma conexão com as pessoas.

A regra é clara: ou o colégio oferece um ambiente de troca de informações e discussão on-line e prepara seus funcionários para um bom atendimento mobile, ou os aplicativos gratuitos se instalam na sua comunidade escolar, sem qualquer tipo de controle e trazendo grande vulnerabilidade e exposição à sua instituição.

Comunicar-se de todas as maneiras e adaptar sua cultura às novas tecnologias há muito deixou de ser um diferencial de mercado, se tornou uma necessidade básica de negócio.

 

2) Apps cada vez mais completos e mais acessíveis

Os aplicativos de comunicação, hoje, vêm para organizar. Lançando mão de diversas ferramentas e atualizando funções constantemente, as plataformas vão muito além da simples troca de recados e ganham status de sistemas de gestão escolar. Com ele, já é possível, inclusive, integrar seu software administrativo para que tudo esteja disponível em um mesmo lugar e seja atualizado em apenas um clique.

Com uma equipe com mais de 30 anos de experiência em educação, o IsCool App sai na frente quando o assunto é facilitar a rotina escolar, já que aplica seu know-how em novas ferramentas constantemente. Assim, transforma pedidos de professores, coordenadores, gestores, pais e alunos em novas funcionalidades para o app.

Democrático, o aplicativo de comunicação ainda tem a vantagem de praticar valores módicos de cobrança e se mantém como um investimento de baixo custo para a gestão do colégio, comparado ao número de benefícios que aplica ao dia a dia da instituição.

 

3) Agilidade nos processos internos e auxílio aos colaboradores

A rapidez que agrega aos processos é outro ponto forte dos aplicativos de comunicação. Colégios que tornaram suas tarefas menos manuais com a ajuda das plataformas indicam que, em alguns casos, tiveram uma economia de até 60% de tempo dos professores e auxiliares de classe.

Um percentual considerável não somente para os colégios, como também para os colaboradores, que conseguem desenvolver de maneira mais fluida suas tarefas diárias e novos projetos dentro de sala.

A dica é utilizar-se de todas as ferramentas que o aplicativo possui e não se limitar apenas com a simples troca de mensagens.

 

4) Segurança garantida

Segurança da informação não é brincadeira. Em um mundo em que notícias falsas se espalham pelas mídias sociais ao mesmo tempo em que milhares de novos vírus são introduzidos na rede, manter dados seguros sobre sua empresa e sobre seus clientes é quesito básico.

Ter conhecimento sobre o que está sendo transmitido em nome do seu colégio é outro ponto fundamental e mais do que possível com as plataformas de comunicação escolar. Segurança reforçada para que nenhuma informação indevida seja publicada e que sua marca se mantenha forte.

5) Sustentabilidade ainda é pauta

Além de ajudar o planeta, o colégio que utiliza o aplicativo de comunicação tem um apoio extra na formação de futuros cidadãos conscientes. E com um olhar mais estratégico de gestão, aqui o ponto é pensar, também, em quanto a economia de papel e impressões trará para o caixa do colégio todo final de mês.

Pesquisas com colégios que aposentaram as agendas físicas apontam uma economia de até 80% do atual custo com compras de cadernos, papeis e aluguel de impressoras. Em tempos de orçamento sem folgas e concorrência pesada, o aplicativo se torna ferramenta imprescindível do planejamento de gestão.

 

Eu estou convencido, mas como convencer também os pais mais resistentes?

O segredo para garantir a adesão e apoio dos pais na decisão pela implantação do aplicativo é trazê-los para mais perto na tomada de decisões e promover uma mudança gradativa. É comum que o novo traga certa insegurança, por isso a necessidade de treinamentos e workshops com os pais, além de um plano bem completo de comunicação.

Aponte números, pesquisas e cases de sucesso, depois, mostre como as mudanças surtiram efeitos positivos. Exemplos e comunicação são a chave para tornar os pais mais resistentes verdadeiros aliados na evolução do negócio.

Comunicação digital escolar: 8 dicas para produzir o melhor conteúdo

Com estratégias simples, saiba como tornar suas postagens mais interessantes e atingir cada vez mais a atenção e engajamento dos usuários 

IsCool App - boas práticas na comunicação escolar digital

Seu colégio já conta com aplicativo de comunicação, tem presença em várias mídias sociais e já traçou um plano de conteúdo, mas você ainda sente que algo poderia estar melhor. Afinal, alguns pais não aderiram aos novos canais digitais do colégio e o engajamento está longe de se tornar cem por cento. Se este é parte do seu cenário atual, calma! Com algumas pequenas mudanças e atenção a boas práticas de uso dessas ferramentas e da própria internet, é possível potencializar os resultados e aumentar sua audiência.

Aqui, trazemos algumas dicas práticas relacionadas ao tipo de conteúdo ideal para acertar em cheio seu alvo. Tudo isso, com base, principalmente, no exemplo de escolas que estão obtendo sucesso em suas ações de comunicação digital e pensando no público formado por pais de diferentes perfis. Confira:

 

1 – De olho nos horários das publicações

Os pais estão sempre alerta quando o assunto é a educação dos filhos, por isso, recados individuais, personalizados e específicos sobre alguma ação referente ao aluno costumam ser lidos e respondidos rapidamente. Mas quando a comunicação é um aviso de interesse geral, como um evento ou um pedido para angariar ajuda voluntária, por exemplo, o colégio pode lançar mão de postagens em horários nobres.

Estudos revelam que a audiência dos internautas brasileiros é maior às 21h, seguido de 11h e 12h. Mas quando pensamos nas segundas e sextas-feiras, entendemos que as pessoas já não estão com tanta abertura para determinados assuntos.

Em algumas mídias sociais e mesmo no próprio aplicativo de comunicação escolar, é possível programar o horário das postagens, de maneira que o público tenha maior ou menor abertura para recebê-lo. Fique de olho no seu público, busque conhecer melhor seus hábitos e encontre sua melhor dinâmica.

 

2 – Nem muito, nem pouco

Não adianta encher a timeline dos usuários de conteúdo. Por mais que eles possam parecer interessantes, podem cair no esquecimento se explorados em demasia. A melhor freqüência para suas postagens está diretamente ligada ao perfil do público, que, mais uma vez, você deve conhecer melhor do que ninguém.

O Instituto Oliveira Lara, por exemplo, que aderiu ao IsCool App no início deste ano, coordena as comunicações com cuidado. “Nós utilizamos a maioria dos recursos oferecidos pelo aplicativo, sempre prezando pelo bom senso e objetividade nos comunicados. A frequência varia de acordo com a demanda, que pode ser semanal, quinzenal ou mensal”, afirma Raphael Oliveira, coordenador de tecnologia do colégio.

 

3 – Mais imagem, menos texto

Se as imagens não chamassem tanto a atenção, o Instagram não teria se tornado uma ferramenta tão importante. Segundo a pesquisa Social Media Trends de 2017, as imagens e GIF’s têm o poder de engajar cerca de 40% mais, isso porque seduzem pela emoção gerada, como a curiosidade, por exemplo.

Lembrando que todo cuidado é pouco quando a imagem diz respeito a fotos de crianças e que há todo um repertório jurídico para que isso seja feito com segurança (conforme já explicamos aqui). Fora isso, o colégio pode sempre contar com fotos de atividades transcorridas, ilustrações, desenhos e GIF’s animados.

 

4 – Vídeos, aposte neles

Agora, se a intenção é passar uma imagem realmente dinâmica, a solução é o vídeo. Segundo pesquisa da eMarketer, 86% dos internautas brasileiros assistem vídeos online. Pensando nisso, que tal enviar um comunicado via vídeo ou, então, deixar algum profissional do colégio contar como tem sido o trabalho em determinado projeto? Se está aberta a temporada de rematrícula, por exemplo, vale um vídeo explicativo sobre tudo o que já foi feito desde o início do ano e os projetos para 2018. Com um celular na mão e um planejamento de conteúdo, essa mídia está ao alcance de todos.

Um exemplo interessante é o do Colégio Agostiniano Mendel, que conta com quatro mil alunos e utiliza os vídeos para atingir seu público de forma mais eficaz. Para isso, conta com uma equipe dedicada a produzir conteúdo exclusivo para a TV Mendel, como entrevistas e cobertura de eventos internos. Todo esse conteúdo é postado diariamente no IsCool App e tem conquistado a opinião dos pais usuários.

 

5 – Chamando a atenção pelo texto

Textos também podem e devem impactar, não somente pela aparência inicial, mas, principalmente, pela maneira como é escrita. Neste quesito, a dica é sempre criar títulos fortes e tentar sintetizar o assunto, trazendo o objetivo de maneira clara.

Na parte visual, sempre que possível, abuse de tópicos, números e intertítulos. Sublinhe, negrite ou utilize cores em partes dos textos que são importantes.

Lembre-se que é nos textos que você também aplica as características do colégio, como valores e a cultura vivida no dia a dia da instituição. Não se esqueça, também, de atrair a interação do público com perguntas e enquetes. É sempre bom contar com a colaboração dos usuários.

 

6 – As cores a seu favor

Você certamente já ouviu falar do poder das cores e deve estar imaginando que o preto sempre remete ao que é suntuoso, assim como o dourado… e que o azul traz calma e sabedoria, enquanto o verde remete à natureza, à sustentabilidade. Pois tudo isso faz realmente sentido no seu material visual. Pesquisas de especialistas em marketing digital, como a QuickSprount, apontam que 90% das interações estão diretamente ligadas às cores.

Na psicologia das cores, por exemplo, acredita-se que as mulheres tendem a gostar mais de itens que contenham roxo, azul e verde, enquanto declinam para laranja, marrom e cinza. Já os homens preferem azul, verde e preto, mas não tendem a ser atraídos por marrom, laranja e roxo.

Nesse sentido, as cores e a identidade do colégio devem sempre ser usadas nas comunicações para fortalecimento de marca, mas a dica é que elas sejam usadas de maneira sutil, para não causar o efeito contrário e cansar o usuário.

 

7 – Faça conteúdo inédito e de qualidade

Invista em um conteúdo só seu, que tenha a essência do colégio, que seja uma extensão daquilo que é falado e vivido dentro da escola, entre os colaboradores e alunos. Dedique-se a criar um cronograma, um plano de comunicação e que haja tempo suficiente para se pensar nesse conteúdo.Outro detalhe é na qualidade de imagens, por exemplo, item importante na avaliação dos usuários. Nada de arquivos de baixa qualidade, sem definição ou copiados, que podem trazer mais descrença do que confiança.

 

8 – Forme um bom time

Por fim, uma dica valiosa, é investir em talentos que te assessorem na busca pelo melhor conteúdo e nas melhores práticas da comunicação digital e do marketing. Mostre que o colégio é atualizado e que busca a profissionalização. Se não tiver demanda interna suficiente para se montar uma equipe fixa, lance mão da terceirização e de agências especializadas, que te darão todo o suporte necessário.