Os benefícios da rotação por estações na escola

Conheça a estratégia pedagógica que estimula o protagonismo do aluno por meio da rotação por estações de aprendizagem

Adotar a metodologia de rotação por estações na escola é o caminho para conciliar espaço e aprendizagem, criando uma nova dinâmica de ensino dentro da sala de aula e propondo que os alunos desenvolvam várias atividades dentro de um circuito.

O professor deve determinar o tempo de cada estação, assim como o começo e o fim de cada etapa. A ideia principal é criar uma dinâmica para cada atividade que trabalhe a concentração, o conhecimento e o potencial individuais durante o trabalho em equipe. 

Esse modelo de ensino híbrido é ideal para desenvolver as habilidades dos alunos em sala de aula em diferentes ambientes, incluindo o ambiente virtual, uma vez que seu conceito inclui, indispensavelmente, uma estação com tecnologia ou alguma interação on-line.

Veja aqui a definição dessa metodologia e como você pode inserir o ensino híbrido de rotação por estações na sua escola.

A nova metodologia de ensino híbrido

A pandemia de 2020/2021 inseriu efetivamente o modelo de ensino híbrido no sistema educacional mundial, e nas propostas educacionais do Brasil não seria diferente. 

Essa nova dinâmica escolar colocou em pauta a utilização de novos espaços para a aprendizagem dentro e fora da sala de aula. Assim, novos modelos de ensino foram adotados e adaptados de acordo com as possibilidades, os ideais e espaços de cada instituição.

Nesse formato, o ensino de rotação por estações na escola está se consolidando como uma nova forma de desenvolver as habilidades e competências dos alunos em diferentes atividades dentro de um mesmo planejamento de aula.

Aprender sobre o conceito e os benefícios da rotação por estações é inovar dentro do tradicional ensino brasileiro, propondo uma nova metodologia que combina tecnologia, aprendizagem e adaptação aos diferentes espaços da rotação.

O que é rotação por estações na escola?

O modelo de ensino de rotação por estações é uma metodologia que propõe a criação de espaços independentes dentro da sala de aula, promovendo a combinação de atividades on-line e off-line, ou seja, mesmo que todo o conteúdo seja planejado dentro da sala de aula, uma das estações deve contar com um recurso tecnológico.

Cada ambiente do circuito de atividades trabalha um conceito ou conteúdo do tema que está sendo ensinado. Além disso, a rotação deve propor três fases: intervenção com interação do professor e dos alunos, trabalho em equipe e a atividade com tecnologia.

O aluno será orientado para que desenvolva uma tarefa do começo ao fim em cada ambiente, até que tenha realizado todas as etapas.

Essa metodologia de ensino híbrido é pensada para desenvolver habilidades e potenciais dos alunos em diferentes espaços, oferecendo uma nova oportunidade de ensino para a aquisição do conhecimento.

Como fazer a rotação por estações?

Leia agora como você pode aplicar o modelo de ensino de rotação por estações na escola e em sua sequência didática de qualquer disciplina escolar.

Planeje as atividades

O primeiro passo para implantar essa metodologia de ensino é planejar detalhadamente o papel e o tempo de cada estação dentro do circuito, considerando as competências, habilidades e o potencial que serão desenvolvidos a cada etapa.

Essa é a fase que será reorganizada de acordo com a disponibilidade de espaços, equipamentos de cada escola e a acessibilidade digital dos alunos para a realização da etapa de tecnologia.

O importante é que o planejamento da aula precisa determinar a relevância de cada estação para a rotação das atividades.

Organize os espaços

Espaços bem definidos são essenciais para o sucesso da atividade. Separe a primeira estação para apresentar o tema e o objetivo da aula, depois, ofereça uma etapa com materiais de apoio e conceitos. 

Nas etapas finais, tenha uma estação para que os alunos apresentem os resultados obtidos para os outros grupos, e outro momento para que o professor possa finalizar e discutir a atividade completa.

Como dica para a organização, a plataforma de educação Scaffold Education sugere que o professor faça um roteiro ou crie uma narrativa e que os alunos tenham missões, ganhem pontos ou recebam um feedback a cada estação.

Defina um ambiente virtual para uma das estações

Dentre os ambientes da rotação é importante que uma estação seja exclusiva para a interação virtual. Seja no ambiente virtual de aprendizagem da escola, seja em casa, os alunos poderão realizar pesquisa na web, análise de dados, exercícios ou jogos didáticos on-line.

Inserir tecnologia é uma maneira de otimizar o ensino, propondo que os alunos utilizem o ambiente virtual a favor da própria aquisição do conhecimento, desenvolvendo as habilidades e competências necessárias para a idade escolar. 

Determine os alunos de cada estação

A metodologia de ensino híbrido funciona com o aprendizado colaborativo, desse modo, é preciso separar a turma em grupos iguais para que eles possam compartilhar conhecimentos e ideias em cada espaço.

Todos os estudantes devem ter o mesmo tempo em cada estação, mas cada grupo tem autonomia para criar seu próprio conteúdo. As equipes também podem compartilhar o que estão aprendendo nas estações em pequenas apresentações para toda a turma.

Quais são os benefícios do método de rotação por estações?

O ensino híbrido de rotação por estações na escola prioriza a vivência em diferentes espaços, criando uma metodologia de ensino mais dinâmica que pode contar com diversos materiais e equipamentos tecnológicos.

A importância dessa nova metodologia é garantir um momento interativo e colaborativo dentro da sala de aula que vai complementar o ensino tradicional que já acontece entre professor e aluno.

Esse método de ensino tem como benefício uma sequência didática prática que prioriza a imersão do aluno em diferentes situações, permitindo que ele encontre soluções em todos os cenários enquanto conta com o apoio da equipe, do suporte de materiais e da orientação constante dos professores.

Compartilhe esse conteúdo em sua unidade de ensino, e comente aqui: qual o melhor tema da sua disciplina para realizar uma atividade de rotação por estações?

Deixe uma resposta