BNCC: desafios para 2021

Como o ano de 2020 foi comprometido com a suspensão das aulas pós-covid, quais serão os desafios da BNCC para o próximo ano?

Definitivamente, 2020 será um ano marcante para a educação brasileira e mundial. Não só porque a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) entrou pra valer nas escolas do país – fato já previsto – mas, também, por conta de outro fato, este porém inesperado: a pandemia do Covid-19 (Coronavírus) que fechou escolas por longo período.

Por essa razão, os desafios da BNCC serão conhecidos realmente em 2021, quando as aulas deverão retomar o ritmo natural. Também em 2021, entrará em vigor as mudanças para o ensino médio, oferecendo maior flexibilidade no currículo para que as escolas possam distribuir o conteúdo.

Inclusive, o portal do Ministério da Educação e Cultura (MEC) oferece um site com as principais dúvidas sobre essa mudança prevista para entrar em vigor já no início do próximo ano:

Novo ensino médio: perguntas e respostas

O que muda no Ensino Médio com a nova BNCC?

  • Matemática e português terão carga horária obrigatória nos três anos do ensino médio;
  • Demais conhecimentos poderão ser distribuídos ao longo destes três anos (seja concentrado em um ano, ou em dois, ou mesmo em três);
  • Os currículos estaduais devem ser adaptados e implementados até o início das aulas de 2022

Outra mudança importante e que vem de encontro a situações de crise como a da pandemia, é que entre 20% e 30% da carga horária do ensino médio poderá ser ofertada pelas escolas através do ensino a distância. Para as EJAS (Educação de Jovens e Adultos), a carga horária poderá ser ainda maior, de 80%.

Se os alunos ganham em direitos de aprendizagem, os professores têm pela frente um grande desafio: adaptar-se aos novos conceitos propostos na base, cujo ponto principal são as dez competências gerais da BNCC, que tratam dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento no âmbito pedagógico. Resumidamente, são elas:

  1. Conhecimento
  2. Pensamento científico, crítico e criativo
  3. Repertório cultural
  4. Comunicação
  5. Cultura digital
  6. Trabalho e projeto de vida
  7. Argumentação
  8. Autoconhecimento e autocuidado
  9. Empatia e cooperação
  10. Responsabilidade e cidadania

Desafios para 2021

Um dos principais desafios das escolas será elaborar o novo currículo, que considere as aprendizagens apontadas pela BNCC como essenciais ao mesmo tempo em que a instituição escolar ainda se recupera dos transtornos pós-covid.

Nesse processo, é importante que o currículo seja elaborado de forma colaborativa. O indicado é que tanto membros da gestão escolar quanto professores participem da sua construção. Afinal, é o corpo docente que será responsável por levar o currículo à sala de aula, enquanto a coordenação e a direção exercem um papel relevante em garantir que o documento final represente a escola.

Além disso, é interessante que especialistas e membros da comunidade escolar também participem da equipe encarregada da elaboração – cada um pode contribuir de maneira diferente e única com o currículo escolar.

Definição do material pedagógico

Após criar um currículo para a instituição de ensino, é necessário escolher o material pedagógico que será usado em sala. Para tanto, é importante levar em consideração as obras que contemplam e valorizam as competências abordadas na BNCC.

A incorporação da tecnologia do ensino também deve ser pensada nesse processo, já que os alunos estão cada vez mais conectados e já familiarizados com a tecnologia. Nesse caso, o material didático que vai além do livro e contempla Objetos Educacionais Digitais (OEDs) pode ser um grande aliado na inclusão da tecnologia no processo pedagógico.

Por fim, resta avaliar outros desafios que deverão surgir, levando-se em conta o perfil de cada instituição escolar e a região em que está localizada. Mudanças sempre são positivas, desde que quem saia ganhando seja o aluno. E a sua escola? Quais desafios terá com a nova BNCC?

Leia mais sobre a BNCC:

Especial BNCC: A presença da tecnologia e a importância da ética

Especial BNCC: As mudanças do Ensino Médio e a reta final para adequações

Deixe uma resposta