Encontro PEA Unesco reúne cerca de mil educadores em Ouro Preto-MG

Ouro Preto – MG, cidade sede do Encontro PEA Unesco 2019

School Picture/IsCool App participaram do maior encontro da história desde que o evento começou a ser realizado em 2015.   

A cidade histórica de Ouro Preto, a 98 quilômetros da capital mineira, foi escolhida como sede do Encontro Nacional da Rede PEA Unesco 2019. O evento aconteceu entre os dias 11 e 13 de setembro, no Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

Participaram cerca de mil gestores e professores de escolas públicas e privadas associadas à Rede, além de coordenadores do programa de outros países, como Angola, Portugal e Japão.

Essa foi a edição com o maior número de participantes desde que o evento começou a ser realizado em 2015. A School Picture foi uma das patrocinadoras da edição de 2019, levando as marcas IsCool App e Conquista Formaturas também para o seu estande.

Segundo a coordenadora nacional da Rede PEA Unesco, Myriam Tricate, “Organizar um evento a mais de mil quilômetros de distância, não é bolinho! Se tínhamos dúvida no início, foi a convicção dos gestores e profissionais de Ouro Preto que nos deram a certeza de assumir o risco”, conta ela que também é diretora do Colégio Magno, em São Paulo.

Myriam Tricate

Coordenadora Nacional do PEA Unesco

De acordo com Myriam, é grande a responsabilidade de realizar um evento desse tamanho com poucas mãos:

“Mesmo com nossos limites, pensamos em todos os detalhes com cuidado para esse evento porque desejamos construir não só uma rede de aprendizagem, mas também de pertencimento, de coesão”, explica. 

O Encontro contou com palestras e mesas-redondas, além de painéis de experiências e vivências das escolas pertencentes à Rede. Nos intervalos, os visitantes puderam acompanhar as novidades dos expositores, entre eles, School Picture/IsCool App.

Pelo estande School Picture/ IsCool App passaram diversos gestores e educadores, alguns já usuários das soluções escolares, como o caso de Sonia Paro, diretora da EMEB Stélio Machado Loureiro, em Bebedouro (SP).

A escola, que integra a Rede PEA Unesco, também utiliza o aplicativo de comunicação escolar IsCool App. Inclusive, já fizemos um artigo para o Blog que vale a pena ler ou reler: IsCool App faz parceria social com escola municipal de Bebedouro – SP

Programação do Encontro

Tendo a bela paisagem histórica da época colonial do Brasil como cenário, os participantes do Encontro Nacional PEA Unesco 2019 puderam assistir à palestras e mesas-redondas sobre temas como a Agenda Global da Educação 2030 e a educação indígena, lembrando que 2019 é o ano internacional das Línguas Indígenas.

“O público de educadores veio aqui para aprender, para trocar, para construir relações. Veio aqui também para reafirmar o compromisso que foi assinado no momento de manifestação de interesse e continua a ser confirmado no dia a dia com qualidade sempre maior”, comenta a coordenadora nacional da Rede PEA Unesco, Myriam Tricate.

Na abertura oficial do evento, os visitantes puderam assistir à apresentação emocionante do coral infantil do Colégio Padre Eustáquio cantando o Hino Nacional. Participaram os membros da Rede PEA Unesco, como a coordenadora internacional da Unesco, Sabine Detzel.  Na conferência de abertura, Sabine falou sobre a Agenda Global da Educação 2030 e o papel dos associados da Rede PEA Unesco.

No segundo dia do evento, o assessor executivo da Rede PEA Unesco, Paulo de Camargo apresentou dados da organização. De acordo com ele, a Rede conta com 569 escolas associadas, 36 mil professores e 500 mil alunos atualmente.

“Através de uma pesquisa com as escolas associadas, descobrimos que as escolas desconectadas sofrem muito”, diz ele ao falar da questão tecnológica nas escolas.

Enquanto que 60% das escolas associadas possuem conexão com internet Wi-Fi, 40% ainda não tem.

“No entanto, 80% dos pais cobram das escolas investimento em tecnologia e inovação”, revela Paulo. Vale lembrar que a tecnologia aproxima os pais da escola, como no caso do aplicativo IsCool App que funciona como um canal de comunicação entre gestão escolar e os responsáveis pelos alunos.

Miguel Thompson, diretor do Instituto Singularidades, palestrou sobre a formação dos professores na perspectiva da agenda 2030. Segundo ele, a escola do futuro deve ser pensada hoje:

“A escola não pode ser sistêmica, fragmentada como o pensamento iluminista do passado. A nova escola coloca o aluno como protagonista”, diz. E completa: “O movimento que a gente vive agora tem muito a ver com retomar a experiência do homem completo”.

O coordenador da Rede PEA Unesco de Angola, Manuel Diogo também falou sobre a experiência em seu país:

“Começamos em 1998 com 4 escolas associadas ao programa na capital Luanda. Hoje, somos 45 escolas e nossa meta é aumentar em mais 100 escolas até 2022”, conta Manuel Diogo.

Já no último dia do evento, os visitantes foram agraciados com um sorteio realizado pelos expositores. O IsCool App ofereceu 1 ano grátis do aplicativo como presente a ser sorteado. A sortuda (sortuda mesmo, porque foi sorteada duas vezes!) foi Lúcia de Almeida Assis, diretora do Colégio Hélio Alonso, do Rio de Janeiro – RJ. Por fim, o público presente se despediu do evento ao som da banda de Flávio Venturini (ex-integrante do Clube da Esquina).

A próxima edição do Encontro Nacional da Rede PEA Unesco deverá ocorrer em 2020, em Campos do Jordão, cidade turística localizada na Serra da Mantiqueira, em São Paulo.

Confira a galeria de fotos do Encontro PEA UNESCO 2019

Deixe uma resposta